E-mail marketing para vender mais: veja como fazer!

Google+ Pinterest LinkeIn Thumblr +

O e-mail marketing tem um custo-benefício e tanto. Não à toa, é um dos grandes diferenciais do plano de marketing digital. Entretanto, há um desafio quando se trata dessa estratégia: como elaborar um e-mail marketing para vender mais e fidelizar a clientela?

Com a finalidade de sugerir estratégias de boas práticas para gerar mais conversões e colocar sua empresa em evidência no mercado, preparamos este artigo. Quer ainda mais ideias para ter sucesso com e-mail marketing para vender? Então, continue a leitura e conheça os melhores métodos para aplicar esse recurso com excelência e gerar engajamento!

Captar contatos

Primeiramente, não compre listas de e-mail. Pode parecer uma ótima ideia, porém, na prática, não é. Para que seus envios tenham um alto índice de visualização — sem receber denúncias — obtenha uma base de contatos que esteja disposta a receber conteúdos da sua empresa.

Se você tem uma página oficial, adicione formulários de cadastro. Dessa forma, sempre que um usuário acessar o site e desejar mais informações, ele pode preencher os campos sugeridos e fornecer alguns dados pessoais. Você também pode disponibilizar esse recurso no Facebook por meio de anúncios.

Considere que esse é o primeiro contato que a pessoa terá com a sua marca. Portanto, peça somente o necessário para estabelecer uma comunicação objetiva com ela. Registros como nome e endereço eletrônico são suficientes nessa primeira etapa. Caso você queira anunciar mercadorias variadas, solicite que a pessoa relate em quais tem interesse.

Dependendo do seu segmento de mercado e das regiões que você atende, pedir a localização do contato também pode ajudar. Vale reforçar que é preciso divulgar essas abas de cadastro sempre que puder, para que o seu público tenha conhecimento de seu novo canal de comunicação.

Realizar testes A/B

O teste A/B ajuda a descobrir como se aproximar e manter contato com os assinantes, segmentando suas campanhas de e-mail em duas categorias. Ao encaminhar diversas opções de conteúdo para cada um desses grupos, é possível ter uma ideia mais precisa do que funciona melhor no seu e-mail marketing, equiparando os resultados alcançados das duas alternativas.

Portanto o teste A/B é uma ação simples, mas eficiente, de aprimorar esse tipo de campanha, uma vez que ajuda a descobrir qual a estratégia mais eficaz para cada ação de sua estratégia.

Veja abaixo uma lista do que deve ser testado em um e-mail marketing:

  • assunto/tema;
  • data de envio e horário mais adequado;
  • tratamento ao leitor (se será chamado pelo nome ou sobrenome);
  • layout da mensagem;
  • formatação do texto;
  • CTAs (links de uma mensagem que levam a pessoa a executar ações ou termos empregados para direcionar o usuário, como “acesse agora” ou “saiba mais”);
  • uso de imagens e/ou GIFs;
  • ofertas específicas;
  • inclusão de depoimentos de outros clientes;
  • links por meio de palavras-chave ou imagens.

Algo que deve ser levado em conta é que cada elemento mencionado acima pode levar, em maior ou menor escala, a um resultado característico do e-mail marketing. Por exemplo, o horário de disparo e o tema do conteúdo podem contribuir com o aumento da taxa de abertura de mensagens, ao passo que o layout e o CTA conseguem melhorar os índices de conversão.

Enviar e-mails personalizados

Atualmente, um dos métodos mais eficientes de e-mail marketing é o envio de mensagens customizadas. Não apenas o conteúdo dentro do e-mail precisa estar personalizado para o público-alvo, mas esse recurso também deve ter a cara do seu negócio. Para isso, encaminhe mensagens com e-mails com o nome da sua empresa, por exemplo, @cocacolacompany, @amazon, @unimed etc.

Enviar e-mails desse tipo eleva a confiança e o engajamento dos assinantes com a sua marca, o que aumenta a probabilidade de você receber respostas daqueles que se mostrarem interessados em alguma oferta.

Existem inúmeras maneiras de personalização de e-mails. Portanto, teste várias até achar a que repercute melhor com os subscritos, elevando a probabilidade de aberturas e conversões. Nunca se esqueça de iniciar suas mensagens com o primeiro nome do receptor.

Utilizar o princípio da escassez e da urgência

Esses dois preceitos são muito relevante para uma estratégia de marketing digital de sucesso, pois eles provocam uma sensação de risco no consumidor, fazendo-o pensar que está deixando escapar uma grande oportunidade.

A melhor maneira de aplicar esse estímulo mental é propor que as mercadorias têm quantia limitada e o interesse por elas é grande. Além disso, diante de uma oferta, deixe claro que os valores e as formas de pagamento oferecidas terão data para acabar ou enquanto durar o estoque.

Inspire-se nos seguintes modelos de e-mail marketing para vender mais:

  • “você vai perder essa chance?!?”;
  • “75% de desconto termina meia-noite”;
  • “acabando daqui a pouco!”;
  • “último aviso (só algumas horas restantes)”.

Elaborar um cronograma

Crie um calendário editorial. Ele servirá de guia para os períodos em que sua página (site e redes sociais), blog e e-mail marketing abordarão o mesmo tema.

Por exemplo, se em abril, você deseja expor assuntos referentes a dispositivos eletrônicos, garanta que o assunto estará em todos os canais que fazem parte do seu marketing digital. Tudo que for disparado ou postado precisa seguir a mesma linha de raciocínio.

Essa conduta forma uma mensagem clara e objetiva na mente do seu nicho, o que reforça a atenção que você está dando para aquele tema específico.

Ao montar um cronograma para envio de e-mails, você também consegue planejar disparos exclusivos para seus contatos de acordo com datas comemorativas (aniversário de nascimento ou aniversário da primeira compra), por exemplo.

Ademais, essa conduta também reduz o risco de enviar e-mails em excesso para sua cartela de clientes, uma vez que você consegue ordenar a periodicidade que seu público receberá suas mensagens.

Não há como vender por e-mail sem contar com o apoio de um cronograma bem estruturado.

Utilizar uma ferramenta para envio de e-mail marketing

Por fim, adicione em sua estratégia o investimento em uma ferramenta de atendimento ao cliente que faça disparos de e-mails. Afinal de contas, enviar e-mail marketing da maneira convencional é uma ação cansativa e limitada. Com esse tipo de programa, você obtém uma série de atrativos.

Existe, por exemplo, a opção de segmentar os disparos, fazer testes A/B para diversos perfis de receptores para, desse modo, descobrir quais geram maior impacto. Sem contar o alto índice de personalização que pode gerar mais valor e engajamento em suas mensagens.

E então, aprendeu como usar o e-mail marketing para vender mais? Esperamos que sim! Agora que você já sabe como aplicar essa estratégia, coloque as dicas em prática para conquistar a atenção do seu público-alvo, gerar conversões e aumentar a competitividade da sua empresa no ambiente digital.

Se você gostou deste conteúdo e deseja ficar a par de novidades sobre ferramentas de gestão de clientes, não deixe de seguir nossas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Twitter!

[Newsletter] Receba os melhores conteúdos sobre atendimento diretamente no seu e-mail, cadastre-se!

Compartilhe.

Sobre o autor

Atualmente é Coordenadora de Gestão de Atendimento. Como gestora, defende que misturar brilho nos olhos com liberdade e autonomia, desenvolve pessoas. No atendimento, acredita que a comunicação é a principal forma de compartilhar e trocar experiências. É por isso que escreve com todo amor, baseando-se em: experiências, estudos e muita vontade de fazer acontecer. Frisando que é com atendimento que se bate metas!

Deixar uma resposta