Comportamento do consumidor: 6 dados para prestar atenção

Toda e qualquer empresa pensa em ações com o objetivo final de agradar ao cliente. Só que, ao longo dos anos, percebemos que o comportamento do consumidor está mudando a cada dia. Afinal, a época em que o público era apenas comprador e usuário já passou.

Na era digital, o poder de escolha e, principalmente, de expor a opinião sobre um produto é grande. Então, fica claro, que atender o cliente de forma eficiente e prestar atenção no seu comportamento é essencial.

Pensando nisso, listamos 6 dados sobre o comportamento do consumidor que você deve ficar atento para que alcance um bom número de clientes satisfeitos com o seu atendimento e o serviço prestado. Vamos lá?

1. Produtos mais visitados

Ficar de olho naqueles produtos que mais receberam visitas podem ajudar na hora de selecionar as suas próximas estratégias. Esse dado é essencial para que você tenha conhecimento sobre os produtos que estão atraindo a atenção de seu público.

Com isso, você poderá definir alguns pontos relevantes para a empresa, como: necessidade dos clientes, base de preço que atrai mais, motivos que fizeram o consumidor se interessar por aquele produto e assim por diante.

Para que você alcance os resultados esperados, é importante ficar atento aos dados que revelam o que está funcionando melhor para os seus clientes e qual é a preferência deles.

2. Abandono de carrinho

O abandono de carrinho também pode ser usado para aumentar a qualidade das suas estratégias e entender, de forma mais clara, os motivos que levaram o cliente a desistir do produto antes de finalizar a compra.

Os motivos para a desistência são vários. Entre eles, podemos citar: frete acima do valor esperado pelo cliente, opção de pagamento não utilizada pelo consumidor e prazo de entrega muito longo.

Vimos então que escolher um produto em um e-commerce e adicioná-lo ao carrinho não garante a compra, já que diversos problemas podem surgir no caminho. Por isso, ter esse dado em mãos é útil para elaborar estratégias que minimizem essas taxas de abandono.

Pense, por exemplo, em uma empresa que oferece somente uma única opção de pagamento em sua loja virtual. Identificando essa fragilidade e relacionando-a com os abandonos de carrinho, é possível implantar outras formas para facilitar ainda mais a compra do cliente, diminuindo as taxas de abandono.

3. Motivos de reclamação

Prestar atenção ao que o público-alvo pensa a respeito de sua empresa é imprescindível para entender o comportamento do consumidor e saber quais são as suas reais necessidades. Levar em consideração as reclamações de seus clientes, sejam elas sobre produtos, atendimento ineficaz, pagamentos ou qualquer outra situação é importante para promover melhorias na empresa. Afinal, quem melhor que o cliente para opinar no serviço ou produto que ele adquiriu, não é mesmo?

Identifique quais são as principais reclamações em redes sociais, sites ou, até mesmo, pela sua central de atendimento. Tendo conhecimento desses aspectos, você verá quais reclamações são as mais frequentes e aquelas que precisam ser ajustadas com mais rapidez.

Uma forma de fazer isso com eficiência e comodidade é automatizar as informações de reclamações e de outros ajustes pontuais sugeridos por clientes. Dessa forma, será mais fácil para você visualizar o que precisa ser modificado.

4. Taxa de rejeição

A taxa de rejeição envolve o visitante sair do site sem que ocorra uma ação da parte dele. Isso, por sua vez, pode acontecer por diferentes motivos. Você entender quais são eles ajuda na hora de elaborar estratégias para diminuir essa taxa ou saber como interpretá-la a favor de sua empresa.

Um dos motivos de o usuário sair da sua página sem nenhuma interação com o seu conteúdo é por não encontrar o que deseja na página inicial e recorrer a outra fonte. Outro aspecto é ser direcionado para outro site ao digitar um endereço dentro da aba da sua página.

É importante destacar que entender a fundo o percentual dessa taxa ajuda você a fazer uma análise do site — se precisa de melhorias e novas estratégias ou não.

5. Banco de dados da empresa

Uma opção para coletar dados sobre a base de clientes é por meio da própria empresa. Com a ajuda de novas tecnologias, é possível que você tenha armazenado as principais informações sobre os consumidores e, consequentemente, acompanhe as mudanças de consumo que ocorreram ao longo do tempo.

Conhecer o desenvolvimento de compra desses clientes ajuda a traçar estratégias mais certeiras e objetivas para a empresa.

6. Comportamento nas redes sociais

As redes sociais são úteis para que as empresas observem como se comportam os consumidores de sua marca. Afinal, muitos utilizam as mídias para expressar a sua opinião sobre um produto ou serviço que adquiriram.

Antes de você começar a buscar dados sobre o comportamento de seus clientes, é importante que você saiba em quais redes sociais o seu público se encontra. Feito isso, você poderá buscar informações que ajudarão a mapear estratégias mais eficientes em sua empresa.

Fique atento ao que os consumidores postam, compartilham e curtem em relação a sua marca. Nem sempre ele dirá somente coisas positivas. Pode ser que as expectativas dele com algum serviço não tenham sido atingidas. Por isso, observe críticas, sugestões e pontos a serem melhorados e busque gerar um retorno para o cliente.

Outra vantagem das redes sociais é saber o que o seu público está consumindo no momento. Com isso, você saberá como pode alinhar os desejos dele com os seus produtos e serviços, encantando o consumidor e, consequentemente, atraindo novos clientes.

O comportamento do consumidor deve ser analisado frequentemente para alcançar bons resultados. Verificar quais são as principais reclamações, os comportamentos mais comuns e as ações que mais geram interação com a empresa são apenas algumas das formas de levar em consideração a maneira como o cliente se comporta.

Ter conhecimento de dados relacionados aos hábitos do consumidor ajudam a direcionar as suas estratégias, alcançando um atendimento eficiente e satisfazendo as necessidades do cliente.

Agora que você está por dentro de alguns dados importantes sobre o comportamento dos consumidores, entre em contato com a gente e conheça algumas opções para aumentar a qualidade de atendimento e serviços ao seu cliente!

Receba os melhores conteúdos sobre atendimento

Sobre o autor

Pós-graduando em Marketing e Inteligência Competitiva, formado em Processos Gerenciais, licenciado em Filosofia e apaixonado por Marketing Digital com especialidade em Content, SEO e Inbound. Atualmente é membro da equipe de marketing de performance da Tray - unidade de e-commerce da Locaweb - e responsável pelos canais de conteúdos da Escola de E-commerce.