Leia o beabá do e-mail marketing para iniciantes!

Google+ Pinterest LinkeIn Thumblr +

Ter uma comunicação eficiente com o público é uma das principais estratégias para aumentar os resultados das empresas. Nesse contexto, o e-mail marketing é um dos canais mais utilizados para estabelecer um diálogo com o cliente, por meio de conteúdo personalizado e relevante.

Entretanto, alguns têm dúvidas sobre como planejar e colocar em prática esse método. Afinal, é preciso entender como abordar o consumidor de uma maneira amigável e atrativa. Caso contrário, o efeito pode ser negativo ou não compatível com o que você esperava.

Além disso, as informações precisam ser específicas para o perfil do cliente para que as campanhas fortaleçam o relacionamento entre ambas as partes.

Por isso, selecionamos algumas dicas sobre e-mail marketing para iniciantes, que o ajudarão a criar uma estratégia certeira e engajadora. Aproveite a leitura!

Defina o objetivo de cada e-mail

Uma falha que algumas marcas cometem é enviar e-mail para os clientes sem definir um objetivo. Fazer isso contribui para que toda a estratégia não tenha um resultado eficiente e de acordo com a sua expectativa.

Por isso, determine o que você deseja alcançar com os disparos. Podemos citar opções, como promover o blog, oferecer algum tipo de material, gerar mais vendas por meio de descontos e assim por diante.

São diferentes alternativas que precisam ser consideradas antes de produzir os conteúdos para, então, entender qual delas é a mais indicada.

A partir desse objetivo, fica mais fácil mensurar se a campanha teve o retorno esperado. Além disso, você pode segmentar sua lista de contatos levando em conta a sua meta, o que contribui para melhores resultados.

Invista em bons títulos

O título do e-mail é o primeiro contato que temos com o conteúdo da marca, sendo que grande parte dos usuários considera que ele é atrativo — ou não — antes de abrir a informação. Esse processo acontece em segundos, ou seja, é fundamental construir um título atrativo. Então, esse é um aspecto de extrema importância dentro de sua estratégia.

Não crie títulos longos ou que não esclareçam ao máximo qual o objetivo do e-mail. O usuário precisa entender qual tipo de conteúdo está sendo abordado em poucos segundos.

Além disso, desperte a curiosidade do leitor e aposte em títulos criativos e personalizados, que estimulam o público a abrir o e-mail. Seja o mais pessoal possível, com um assunto interessante e relevante para os seus contatos.

Construa uma lista de contatos própria

É importante que a empresa tenha uma lista de contatos própria, ou seja, que tenham um potencial de compra e que tenham algum tipo de interesse em seus serviços ou produtos. Lembre-se de que a qualidade é melhor do que a quantidade. Por isso, selecione quais são os e-mails mais compatíveis com a estratégia de seu negócio.

Para fazer isso, você pode oferecer materiais gratuitos, como e-books, e, com isso, captar o contato das pessoas que demonstraram interesse no conteúdo. Isso cria um relacionamento com o público e, a partir disso, você pode organizar uma lista com possíveis compradores, o que aumenta, de forma expressiva, suas chances de negócio.

Higienize a lista de tempos em tempos

Fazer uma atualização, de tempos em tempos, em sua lista de contatos é uma excelente maneira de otimizá-los e, por fim, melhorar o desempenho de sua marca. É comum que, após determinado período, as pessoas não usem mais o mesmo endereço, troquem o serviço que utilizam e por aí vai.

Com isso, sua lista também pode ser afetada, já que esses contatos não receberão mais os conteúdos enviados pela sua empresa. Então, fazer esse acompanhamento é essencial para sempre manter um grupo que realmente está sendo contatado.

Para fazer a higienização, é importante contar com ferramentas que fornecem alguns dados relevantes sobre o assunto, como SPAM, endereços inválidos, descadastramento e assim por diante.

Isso melhora o processo de envio dos e-mails e também contribui para uma entrega eficiente e adequada de todos os seus conteúdos.

Segmente o seu público

Existem diversas ferramentas e recursos disponíveis no mercado que podem ajudar você a segmentar sua lista de e-mails. Dessa forma, é possível realizar um direcionamento mais compatível com os potenciais clientes.

Há alguns fatores que podem ser considerados ao segmentar os contatos, como os materiais que foram acessados, o perfil profissional e a taxa de abertura dos conteúdos.

Todos esses pontos são cruciais para o planejamento de sua estratégia e, por isso, é importante entender quais são os principais interesses do seu potencial comprador e usar esses dados a seu favor.

De nada adianta caprichar no conteúdo do e-mail, no título e em outros aspectos da produção se ele não for o que o público espera, ou seja, não atender suas expectativas.

Logo, se você quer manter um relacionamento mais próximo com seus leitores e engajá-los por meio do e-mail marketing, é importante realizar a segmentação e criar um conteúdo específico e eficiente.

Analise os resultados

Saber como está a interação com os contatos de sua lista é essencial para avaliar os resultados de sua estratégia. Não basta apenas realizar os disparos, é necessário acompanhar o que precisa ser ajustado, assim como as ações que têm gerado um retorno positivo.

Entenda qual abordagem impulsionou um maior número de cliques ou mais vendas. Além disso, busque compreender qual tipo de assunto é mais atrativo para os leitores e soluciona alguma dúvida ou problema do seu público.

Fazer testes periodicamente é uma boa alternativa nesse sentido, pois você consegue diferenciar quais são as estratégias mais certeiras e, com isso, aplicar somente aquilo que é vantajoso para a sua empresa.

Portanto, fazer a mensuração de como está sendo realizada sua estratégia de e-mail marketing é indispensável para promover melhorias nas campanhas, analisando o tipo de conteúdo em que o potencial cliente tem mais interesse.

Assim, você consegue disparar e-mails que sejam direcionados especificamente para o seu público, com um maior número de conversões e um retorno mais positivo.

Conhecer práticas sobre o e-mail marketing para iniciantes é importante para aqueles que desejam alavancar as vendas e potencializar sua base de clientes. Todas as dicas apresentadas neste post são relevantes para planejar uma estratégia sólida. Entender quais são os conteúdos e materiais que engajam os leitores é fundamental para construir e-mails capazes de gerar resultados significativos para a empresa.

Esperamos que essas dicas tenham ajudado você a entender mais sobre a importância do e-mail marketing para o seu negócio.

Gostou deste conteúdo sobre e-mail marketing para iniciantes? Siga-nos nas redes sociais para ficar por dentro de nossas atualizações. Estamos no FacebookTwitterInstagram e LinkedIn!

[Newsletter] Receba os melhores conteúdos sobre atendimento diretamente no seu e-mail, cadastre-se!

Compartilhe.

Sobre o autor

Pós-graduando em Marketing e Inteligência Competitiva, formado em Processos Gerenciais, licenciado em Filosofia e apaixonado por Marketing Digital com especialidade em Content, SEO e Inbound. Atualmente é responsável por gerenciar os conteúdos de dois portais: Escola de E-commerce e Melhor Atendimento.

Deixar uma resposta