5 dicas para fazer campanhas de e-mail marketing realmente boas

Google+ Pinterest LinkeIn Thumblr +

E-mail marketing é uma importante ferramenta de relacionamento e de vendas com a audiência. Sua lista de e-mails, assim como seu blog, é um dos atrativos indispensáveis que você pode ter para o sucesso da sua empresa. Mas você sabe como fazer campanha de e-mail marketing? É importante conhecer algumas dicas para ajudar a otimizar os resultados das suas campanhas nessa ferramenta.

Certamente, se você já escreve e-mails há certo tempo, entende bem como é difícil incentivar o público a abrir, ler e clicar nos links. Então, se deseja melhorar a taxa de abertura, o relacionamento com a sua lista e o número de cliques, este texto foi feito especialmente para você. Continue acompanhando e confira as 5 melhores dicas para fazer campanhas de e-mail marketing excelentes! Boa leitura!

1. Encontrar a frequência certa de disparos

A frequência de disparos é parte relevante do engajamento da sua lista de contatos. Afinal, o excesso de e-mails, sem dúvida, vai incomodar e fazer com que muitos cancelem ou ignorem as mensagens. Então, o mais indicado é ter pelo menos um envio por mês.

Faça, ainda, um calendário de envio e certifique-se de que os disparos estão distribuídos de forma adequada ao longo do período, já que essa é uma das razões pelas quais os consumidores descadastram o recebimento de e-mails. Então, evite o contato a todo momento e envie somente e-mails realmente necessários, oferecendo sempre valor real para os leitores.

2. Investir na segmentação das listas

Em toda estratégia de e-mail marketing, o ideal é segmentar as listas para que cada perfil de pessoa possa receber a mensagem mais personalizada possível. Então, escreva mensagens diferentes para cada segmento.

Confira algumas dicas para ter certeza de que ninguém vai receber versões distintas do mesmo disparo:

  • escreva quais segmentações vão receber a campanha de e-mail;
  • determine a ordem de prioridade de cada segmentação;
  • no momento de configurar o disparo, inclua a segmentação para a qual você vai enviar e exclua as que possam ter pessoas em comum.

3. Criar títulos que chamem a atenção e despertem a curiosidade

Um título pode significar o primeiro contato com o possível cliente — apenas isso já é um grande motivo para que você dê a devida atenção a ele —, mas também representa uma porta para oportunidades, afinal, por meio dele, o usuário vai poder abrir uma mensagem, baixar um e-book, ler um artigo, entre outras ações.

Mas, então, você se questiona: como fazer para conseguir capturar a atenção dos leitores? Trouxemos algumas características que você deve priorizar nos títulos.

3.1 Clareza

Um bom título precisa ser claro. A clareza é um elemento que deve ser considerado sempre. Procure criar títulos de tal forma que o consumidor entenda o assunto a ser tratado.

3.2 Urgência

É preciso que o título seja urgente. É esse senso de urgência que acaba despertando a necessidade de fazer a ação esperada. Use palavras como “somente hoje”, “agora” e “imediatamente” para conseguir despertar a sensação de emergência. Mas não se esqueça de que não é preciso “gritar” usando a caixa alta em todo o texto.

3.3 Utilidade

Um bom título deve ser útil, e aqui está um fator comum à grande parte das estratégias de marketing digital. É necessário trazer algo relevante ao leitor, auxiliá-lo na resolução de problemas e oferecer informações sobre um assunto que vai trazer benefícios.

3.4 Curiosidade

Aguçar a curiosidade do leitor é essencial. Assim que o usuário vê um título curioso, as chances de ele consumir o conteúdo são bem maiores. Lembre-se de que promessas (que serão efetivamente cumpridas), palavras de impacto e perguntas são bons recursos.

4. Investir em relacionamento mais pessoal nos e-mails

Quando uma pessoa fornece o endereço de e-mail para receber mensagens do seu negócio, ela está dando um passo importante na construção do relacionamento entre vocês, já que, hoje em dia, ela pode ser atendida em vários canais

Hoje em dia, muitos passam grande parte do dia na internet e nas redes sociais com o objetivo de solucionar questões do trabalho ou pessoais. E isso é o que tem tornando o e-mail marketing um excelente canal de relacionamento.

O mais indicado é responder 100% dos e-mails recebidos, afinal, isso contribui para criar uma relação pessoal com os clientes que fazem parte da sua lista de contatos e fidelizá-los.

Quer saber como tornar a sua estratégia de e-mail marketing em um canal de relacionamento? Veja algumas dicas:

  • envie disparos com o nome e endereço de e-mail de uma pessoa real. Se o que você pretende é estabelecer um relacionamento com aqueles que recebem seus e-mails, ser visto apenas como um contato com o nome da empresa vai tornar isso bem mais difícil do que se você se apresentar como o “Fulano de tal empresa”;
  • converse com os leads. O e-mail é uma ótima forma de manter um diálogo com as pessoas que se encontram na sua base de contatos. Responda rapidamente e com cuidado cada e-mail. Isso pode tomar alguns minutos do seu dia e nem sempre o retorno é certo, mas melhorará o atendimento online.

5. Personalizar os disparos sempre que possível

O e-mail marketing é uma das formas mais efetivas do ambiente digital para entregar conteúdos direcionados para o público certo. Porém, para que isso realmente funcione, é preciso conhecer bem o seu público e determinar modos de personalizar as campanhas de e-mail marketing.

O grande valor dessas campanhas está em levar conteúdos personalizados aos destinatários. Esse é, sem dúvidas, o caminho de aumentar significativamente o potencial de identificação do público e, assim, gerar melhores resultados para a sua marca.

Confira algumas formas de personalizar as suas campanhas de e-mail marketing.

5.1 Considere a localização do seu público

Se fizer sentido para o seu empreendimento, leve em conta a localização dos seus potenciais clientes no momento de criar as segmentações. Procure direcionar ofertas especializadas apenas para regiões ou cidades específicas.

5.2 Utilize os dados dos seus clientes

O que acha de fazer uma referência à organização em que ele trabalha? Ou chamar o destinatário pelo nome? Dependendo de quais dados você colheu sobre o seu público na hora do cadastro, é possível personalizar as campanhas usando essas informações.

5.3 Aplique a personalização no assunto

É fundamental que você não se esqueça da importância de deixar a linha de assunto sempre atrativa. Uma maneira de assegurar isso é aplicando possibilidades de personalização nesse espaço. Se ele não for atrativo, o público nem vai abrir a mensagem com a sua campanha.

Por fim, é importante ter em mente que, para fazer uma boa campanha de e-mail marketing, que gere resultados satisfatórios, é preciso ter tempo, organização, planejamento estratégico, análise, mão de obra e muitas tentativas e erros. Seguindo essas dicas, você vai conseguir fazer excelentes campanhas!

Gostou do texto e quer continuar acompanhando os nossos conteúdos? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter, pois assim você vai receber atualizações em sua caixa de entrada!

Receba os melhores conteúdos sobre atendimento diretamente no seu e-mail, cadastre-se!

Compartilhe.

Sobre o autor

Atualmente é Coordenadora de Gestão de Atendimento. Como gestora, defende que misturar brilho nos olhos com liberdade e autonomia, desenvolve pessoas. No atendimento, acredita que a comunicação é a principal forma de compartilhar e trocar experiências. É por isso que escreve com todo amor, baseando-se em: experiências, estudos e muita vontade de fazer acontecer. Frisando que é com atendimento que se bate metas!

Deixar uma resposta