5 boas práticas no atendimento no pós-venda para ficar atento

O consumidor está cada vez mais seletivo nas suas escolhas de compra. Por isso, investir em meios para superar as expectativas do cliente torna-se essencial. O atendimento no pós-venda ainda é considerado uma ação complicada por algumas empresas. Então, prestar atenção nesse aspecto é um diferencial em um negócio, retendo os clientes antigos e fidelizando-os.

Pensando nisso, listamos 5 boas práticas para você aplicar em sua empresa e ter um atendimento no pós-venda de qualidade, aumentando os seus lucros e a autoridade da marca. Boa leitura!

1. Faça pesquisas de satisfação

Promover pesquisas de satisfação é um caminho para entender o que o cliente pensa de seus produtos e serviços. Além disso, é importante que o consumidor opine em questões de atendimento, estrutura, suporte e assim por diante.

Com isso, você conseguirá definir se ele está ou não satisfeito com a empresa. Para garantir que o cliente venha a realizar uma nova compra com você, leve em consideração aspectos apontados por ele nas pesquisas, gerando melhorias.

Se possível, dê uma gratificação aos clientes que se mostraram dispostos a responder à pesquisa. Por meio dessa atitude, você demonstrará que valoriza o tempo dele e, principalmente, a opinião do consumidor. Além disso, invista em pesquisas mais objetivas, que sejam claras para ele.

Afinal, fazer questionários extensos, com muitas perguntas, não será agradável para o consumidor e também não ajudará você a definir os pontos que devem ser ajustados. Por isso, use pesquisas eficientes e curtas, cumprindo o objetivo.

2. Utilize o CRM

O CRM ou Gestão de Relacionamento com o Cliente é uma excelente opção se você quer investir em atendimento no pós-venda. Esse software reúne as informações mais relevantes do histórico de um cliente. Então, fica mais fácil visualizar dados que poderão ser utilizados para futuras estratégias, nutrindo o relacionamento com o público.

Ofereça ofertas e promoções diferenciadas, baseando-se no perfil de cada cliente. Além disso, é possível buscar novas interações com o consumidor após o fechamento de uma venda. Afinal, ter as informações corretas tornam o trabalho mais ágil e objetivo.

No mercado, existem diversas opções disponíveis, com diferentes recursos e ferramentas. Então, escolha qual é a ideal para o perfil da sua empresa, alinhando sempre os objetivos e as metas para a estratégia de atendimento no pós-venda.

3. Mande e responda e-mails

O e-mail, quando bem utilizado, pode ser uma boa estratégia de pós-venda. Como utilizá-lo? São várias funcionalidades disponíveis nessa ferramenta. Confirme a entrega de um produto, pergunte como está sendo a experiência com o serviço ou produto e, até mesmo, envie e-mails personalizados, como em datas comemorativas ou que sejam especiais para o cliente.

Entretanto, é importante tomar cuidado com a quantidade de e-mails e com o conteúdo deles. Os assuntos devem reforçar ao cliente a boa relação que ele tem com a sua empresa, lembrando-o de que você o valoriza.

Outro aspecto que merece destaque é a forma como você responde o e-mail do cliente. Muitas vezes, o consumidor, como forma de entrar em contato com a empresa, envia um e-mail com uma dúvida ou pedindo informações. Conte com um suporte e garanta um atendimento mais humanizado e rápido, assegurando a fidelização de seus clientes.

4. Invista em canais de comunicação

Com a era digital, surgiram diversos canais de comunicação que podem ser utilizados por sua empresa para fidelizar consumidores. Nesse contexto, podemos citar ferramentas como as redes sociais. Nelas, você pode entrar em contato com os clientes para promover interações, responder dúvidas, mandar ofertas e também para atendê-los, seja qual for a necessidade no momento.

Use as redes sociais e responda sempre com agilidade e cordialidade, ainda que o cliente faça uma crítica ao serviço ou produto da empresa. Interaja com o consumidor caso ele entre em contato. Nada mais frustrante do que o cliente enviar uma mensagem por meio de uma rede social e receber o retorno só dias depois do contato. Por isso, acompanhe diariamente as suas mídias e verifique qualquer tipo de interação iniciada pelo consumidor.

Outro canal que deve ser monitorado é o SAC. Nesse caso, é muito importante estar atento a todas as reclamações e dúvidas dos clientes, porque essa ferramenta é uma das mais usadas como meio de contato entre empresa e consumidor. Então, tenha um bom atendimento e treine os atendentes. Forneça todas as informações necessárias e conte com softwares que ajudam na eficiência do trabalho.

Dessa forma, o cliente se sentirá especial para a empresa, já que será bem atendido mesmo após fechar negócio com você ou ter comprado um produto.

5. Tenha programas de fidelidade

O cliente precisa se sentir único e especial para a empresa. Ainda mais se esse relacionamento for antigo. Para isso, o uso de programas de fidelidade são excelentes opções para demonstrar ao cliente que você preza pela parceria que ele tem com o seu negócio. E essa estratégia pode ser uma ótima opção para o atendimento no pós-venda.

Crie clubes de vantagens, ofereça descontos exclusivos para clientes antigos, envie brindes e presentes que façam o cliente lembrar que a marca sempre estará presente na vida dele. Além disso, é possível criar parcerias com outras empresas, que sejam ou não de seu setor. Assim, você oferecerá benefícios que estão além dos produtos e serviços que oferece.

Fazer isso torna o relacionamento com o seu cliente mais próximo, fidelizando-o por um longo tempo. Afinal, por meio de vantagens e benefícios, o consumidor enxergará motivos reais para continuar contratando os seus serviços e adquirindo os produtos da empresa.

A qualidade do atendimento no pós-venda é essencial para reter clientes e também atrair novos. Afinal, quando uma empresa é prestativa e tem um ótimo relacionamento com seus consumidores, novos interessados sentem vontade de conhecer os serviços. Para ser bem-sucedido, usar algumas estratégias no pós-venda é importante. Com o uso de canais de comunicação, respondendo e-mails e algumas outras práticas certeiras, é possível construir um relacionamento duradouro com os clientes.

Gostou da leitura? Conhece mais alguma dica para melhorar o atendimento do pós-venda? Então, comente este texto e compartilhe as suas sugestões conosco e com os demais leitores!

Receba os melhores conteúdos sobre atendimento

Sobre o autor

Pós-graduando em Marketing e Inteligência Competitiva, formado em Processos Gerenciais, licenciado em Filosofia e apaixonado por Marketing Digital com especialidade em Content, SEO e Inbound. Atualmente é membro da equipe de marketing de performance da Tray - unidade de e-commerce da Locaweb - e responsável pelos canais de conteúdos da Escola de E-commerce.